Música > Biografias > Chimarruts

Chimarruts



Alguns ritmos musicais, com o passar do tempo, tornam-se mais desconhecidos que outros gêneros frequentemente divulgados na mídia, causando o esquecimento de alguns estilos que antes eram disseminados e, atualmente, somente são reproduzidos por algumas bandas que ainda acreditam no poder de um tipo de som específico.

Mesmo com o esquecimento de alguns ritmos musicais, algumas bandas que conseguem destacar-se nos meios de comunicação e nas mídias em geral, que ainda cultivem este gênero, conseguem fazer com que o mesmo ainda possua um pequeno destaque dentre todos os outros hits do momento, ocupando um espaço importante para a diferenciação entre gostos e preferências e, até mesmo, agradando todo o público que ainda aprecie determinadas canções.



Carreira do Chimarruts

Uma das bandas que dissemina um estilo musical pouco divulgado atualmente é o Chimarruts, sendo que todos os profissionais que fazem parte da banda conseguem levar o reggae para toda a população, fazendo com que este gênero esteja constantemente na mídia por um dos únicos grupos brasileiros que faz sucesso nos dias de hoje dentro deste segmento.

O Chimarruts surgiu em 2000, em Porto Alegre, sendo que desde o princípio os mesmos obtiveram a ideia de criar uma banda de reggae, até mesmo devido as preferências musicais de cada um dos integrantes do grupo, permitindo que as letras tratassem sobre assuntos que agradassem a população, principalmente aclamando por amor e paz.



A competência de todos os integrantes e qualidade das músicas e canções criadas fez com que o Chimarruts atingisse patamares nunca antes imaginados pelos próprios artistas, lançando seu primeiro CD em 2002, porém o mesmo foi um grande destaque após um ano, em 2003.

A primeira música de sucesso do Chimarruts foi conhecida como Versos Simples, sendo que a mesma foi uma das principais divulgadas em mídias e meios de comunicação no ano de 2005, conseguindo divulgar o trabalho de todos os artistas que compunham o grupo musical formado por Tati Portela, Rafa Machado, Nê, Diego Dutra, Vinícius Marques, Emerson Alemão, Sander Fróis e Rodrigo Maciel, além de alguns outros músicos que, ocasionalmente, fazem participações especiais em apresentações e gravações, chamados de Tuzinho, Boquinha e Luquinha.