Biografias - Foo Fighters


Depois da morte do Kurt Cobain uma pergunta pairou no ar: "E os outros caras?" Pois é. Outro dia apareceu um compacto do Foo Fighters, a banda de Dave Grohl. Bem, de cara já se pensa que esse negócio de carinha que abandona a bateria para começar a cantar nunca deu em boa coisa.

Só que quando se ouve o 7(o tal compacto), seu preconceito vai por água abaixo, e você logo se arrepende de ter pensado bobagem. Por quê? Primeiro: Ele náo abandonou a bateria e canta muito bem, obrigado. Segundo: o som dos caras é animal, muito bom mesmo. São duas músicas bem produzidas (This is a Call/Winebago) que são pesadas mas ao mesmo tempo com um pegada pop capaz de agradar a gregos e troianos.

Depois do fim do Nirvana e de participar da grande Backbeat Band, Dave Grohl resolveu formar sua própria banda. Recrutou Pat Smear, ex-The Germs e ex-Nirvana (participou do "Unplugged in New York" e da turnê "In Utero") para a guitarra, Nate Mendel para o baixo e William Goldsmith para a bateria (amobos do Sunny Day Real State, banda cultuada nos EUA, do também cultuado selo Sub Pop).

Após algum tempo, Pat Smear abandona o Foo Fighters para seguir em carreira solo. Para substitui-lo entra Franz Stahl, um excelente guitarrista grunge. Todos sabemos que Dave Grohl é um tremendo instrumentista (gravou o primeiro álbum dos Foo Fighters tocando todos os instrumentos), principalmente um excepcional bateirista.O bateirista dos Foo Fighters, William Goldsmith precisava aprender algumas coisas pois Dave não se sentia bem com o estilo de Goldsmith. Isto gerou um desentendimento e então Goldsmith saiu dos Foo Fighters e em seu lugar entrou Taylor Hawkins.

A banda já lançou três trabalhos, Foo Fighters, The Colour and the Shape e Nothing Left To Lose. Em turnê de divulgação desse último disco, eles viajarão o mundo inteiro e atracarão no Brasil em fevereiro de 2000 para fazerem alguns shows. A banda conhecida como Foo Fighters segue o estilo musical conhecido como rock alternativo, sendo que a mesma foi formada em 1995 por Dave Grohl, reunindo outros integrantes americanos, sendo que o início da carreira foi dificultado por diversos aspectos.

Dave Grohl pertencia ao Nirvana no ano de 1990, porém após o falecimento de Kurt Cobain, vocalista da mesma, o integrante passou a gravar músicas sozinho, com o apoio de alguns músicos para lhe auxiliar nos instrumentos, principalmente na bateria, pois todo o restante foi tocado pelo próprio Dave Grohl.

Após gravar uma série de faixas incríveis, Dave Grohl deu o nome ao álbum de Foo Fighters, que acabou tornando-se o nome oficial da banda alguns anos depois, sendo que a história deve início com um pequeno projeto e, aos poucos, tomou uma dimensão que nem mesmo os integrantes conseguiriam esperar.