Cinema Brasileiro

Diretores Brasileiros

O cinema brasileiro teve seu inicio na mudança do século XIX para o século XX, mas ainda levou um pouco de tempo para consolidar-se como uma forma popular de entretenimento. O primeiro filme brasileiro foi um noticiário de 1898. A indústria cinematográfica do Brasil tem passado por períodos de auge e outros de declive, claro reflexo da sua dependência do financiamento e incentivos estatais.

O Começo
Em 1930 foi fundada a empresa Cinédia pelo Adhemar Gonzaga, quem se dedico a produção de dramas populares e comedias musicais burlescas, um género que foi denominado na época como chanchada. A chanchada incluía, muitas vezes, sátiras dos filmes de Hollywood. Nessa época a atriz Carmen Miranda ganhava notoriedade no mundo, e por sua vez, o mundo prestava mais atenção ao Brasil. O presidente Getúlio Vargas foi consciente do crescimento do cinema no país, então formulou um decreto estabelecendo uma cota obrigatória nos cinemas para que eles exibissem filmes brasileiros. Esta lei é vigente até hoje.



Anos 50
Neste período se destacaram os atores Oscarito e Grande Otelo. Os filmes da época foram um pouco ignorados e criticados por acharem eles comerciais e muito americanizados.

Cinema novo
O neorrealismo italiano estimulou um novo tipo de cinema modernista e experimental no mundo todo. No Brasil, esta tendência era seguida pelo movimento chamado Cinema Novo. Glauber Rocha, um cineasta muito politizado da Bahia, se transformou rapidamente no diretor de cinema mais importante, considerado o líder do movimento. Seu trabalho contém muitos elementos alegóricos, uma forte crítica política e uma impecável interpretação que foi adotada pelos intelectuais da época. Outros diretores do movimento são: Nelson Pereira dos Santos, Ruy Guerra e Carlos Diegues.

Anos 70 e 80
Foi produzida uma variada e memorável filmografia, incluído a adaptação da vida de Nelson Rodrigues. Um dos filmes de mais sucesso da historia do cinema brasileiro é a adaptação da novela de Jorge Amado, Dona Flor e seus dois maridos (1976) realizada pelo Bruno Barreto.

Atualidade
Na atualidade o cinema brasileiro é reconhecido no mundo inteiro. A qualidade da produção dos filmes, atores e diretores levaram filmes brasileiros (Central do Brasil e Cidade de Deus) à cerimonia máxima do cinema mundial, o Oscar.