Atlas > Locais Turísticos > Palácio de Versalhes

Palácio de Versalhes

De sede do governo à Museu histórico, o Palácio de Versalhes é um dos maiores do mundo.

Imaginem uma estrutura com 2.153 janelas, 67 escadas, 352 chaminés, 700 quartos, 1250 lareiras e 700 hectares de um parque verde particular. Imaginaram? Essa é simplesmente a estrutura de um dos maiores Palácios do mundo. Localizado na cidade de Versalhes, hoje subúrbio de Paris, o palácio que leva esse mesmo nome, foi considerado por muitos anos o centro do poder do Antigo Regime na França.

É de fato uma estrutura magnífica e ponto de visita para turistas, devido sua construção luxuosa e imponente. A estrutura com suas obras tendo início logo nas primeiras décadas do século XVII só foi finalizada em 1664, quando o rei francês Luiz XIV precisou mudar – se com toda a sua corte e família real para as áreas do castelo, vindo assim o Palácio de Versalhes, ser oficializado como a nova sede do governo francês ficando assim até 1789.



Além de servir como sede principal do governo durante esses anos, o Palácio de Versalhes recebeu destaque por ser foco em outros momentos históricos do país. O Absolutismo Francês é um desses exemplos, quando durante esse período, o grande palácio foi usado como centro do poder real do país e alvo de revoluções externas. Momento também que levou os cofres franceses autorizarem o leilão de peças exclusivas do palácio para suprir a quebra dos cofres públicos sofreram na época.

Em 1837 o palácio foi oficialmente transformado em Museu Nacional e aberto para visitas públicas, excursões escolares etc. Esse decreto foi feito por Luis Filipe e deu início também as transformações governamentais, pois até então nenhum monumento dinástico dos Bourbon tinha sido transformado em local público.


Foi a partir dessa mudança que alguns bens retirados do palácio em dinastias passadas retornaram para serem expostos e compor uma parte da história do governo Francês, feito conquistado pelo escritor nativo do país, Pierre Verlet, na década de 1960.

Hoje é um dos patrimônios mundiais adotado pela Unesco e cuidadosamente mantido pelo país, com verbas culturais voltadas exclusivamente para isso. Mesmo sendo um museu, o Palácio de Versalhes não é completamente aberto, existindo compartimentos ainda fechados e com acesso apenas para autorizados, devido o valor das peças encontradas. Mas seus imensos jardins e cerca de 120 salas estão abertas para visitação pública, empregando assim mais ou menos 800 pessoas entre franceses, estudantes e voluntários.

Turismo

Fotos Palácio de Versalhes
mais locais turísticos
atlas