Atlas > Astronomia > Via Láctea

O universo é um dos itens mais estudados pelos profissionais da área de astronomia, onde os mesmos procuram integrar todos os itens existentes no mundo, sendo que as galáxias possuem um grande destaque na área de estudos devido a curiosidade que as mesmas apresentam e suas particularidades, com características próprias e fascinantes.

A Via Láctea é uma das mais famosas galáxias existentes, sendo que a mesma é popular, principalmente, em Portugal, onde os habitantes da cidade lhe derão outro nome, que é conhecido como Estrada de Santiago.

Como as galáxias, que são um grande sistema gravitacional, são, também, denominadas devido a sua forma, a Via Láctea é espiral, sendo que a mesma abrange o Sistema Solar, encontrado nesta região.

A Via Láctea é constituída por aproximadamente duzentos bilhões de estrelas, sendo considerada uma das maiores do mundo devido à grande quantidade destas esferas presentes na mesma, sendo que a massa da mesma é de, aproximadamente, setescentos e cinquenta bilhões de massas solares.

Esta galáxia, além das estrelas e de sua massa, também é constituída por várias outras partes: o núcleo, que é o centro da mesma, semelhante a uma forma oval, que também possui estrelas em sua combinação; o bulbo central; o disco; os braços espirais; o componente esférico e o halo.

Sendo uma das características de muitas galáxias, a Via Láctea possui um buraco negro, localizado em seu núcleo, onde o mesmo recebe o nome de Sagittarius, apresentando uma massa grande, com nuvens de gás ao seu redor, que movimentam-se rapidamente.

Não é muito fácil para que os astrônomos façam descobertas e observações sobre a Via Láctea, pois a mesma não possibilita fácil visualização devido ao escurecimento ocasionado pelas nuvens de poeira e gás, que cobrem grande parte desta galáxia, sendo quase impossível visualizar algumas partes e características da mesma, fazendo com que o estudo dela não seja tão aprofundado.

Diferentemente de outras galáxias, os componentes da Via Láctea deslocam-se no mesmo movimento, com a mesma velocidade, exceto por algumas estrelas que não estão tão próximas do núcleo e acabam por mover-se com um pouco mais de lentidão.

Estima-se que a Via Láctea foi formada cerca de quatorze milhões de anos, pouco menos que isto, sendo que a mesma faz parte de um grupo de galáxias chamada de Grupo Local, com diversa outras que fazem parte deste conjunto, sendo que as maiores são a própria Via Láctea, juntamente com a Andrômeda, de cor azulada.

Atlas Ilustrado

Mande esta página para alguém:

Seu Nome:
Seu E-mail:
E-mail de Destino: