Atlas > Astronomia > Planeta Vênus

Vênus é o segundo planeta do Sistema Solar em ordem de distância a partir do Sol. Seu nome decorre em honra a deusa romana do amor Vénus, equivalente a Afrodite. Trata-se de um planeta do tipo terrestre, chamado com freqüência de planeta irmão da Terra, já que ambos são similares quanto ao tamanho, massa e composição.

Vênus é conhecido como a estrela da manhã (Estrela d'Alva), estrela da tarde (vésper) ou ainda Estrela do Pastor. Quando visível no céu noturno é o objeto mais brilhante do firmamento, além da Lua, devido ao seu grande brilho e por este motivo, Vênus era tido como planeta desde os tempos pré-históricos. A maior parte das civilizações conhecia o seu movimento no céu, recebendo assim importância em quase todas as interpretações astrológicas do movimento planetário, em particular a civilização Maia que elaborou um calendário religioso baseado nos ciclos de Vênus.

Com relação a sua órbita, diferentemente dos demais planetas, Vênus possui uma órbita parecida com um círculo, com uma excentricidade inferior a 1%. Como Vênus está mais próximo do Sol do que a Terra, sempre aparece próximo deste, sendo que a máxima distância angular entre ambos os corpos é de 47,8°, por isso, pode-se observar o planeta da Terra poucas horas antes do amanhecer (quando recebe o nome de estrela da manhã ou Estrela d'Alva) ou pouco depois do anoitecer (quando recebe o nome de Estrela Vésper).

Com relação a sua rotação, Vênus gira sobre si mesmo lentamente num movimento de Leste a Oeste (sentido horário) ao invés de Oeste a Leste (movimento anti-horário) como os demais planetas, esta rotação contrária ocorre pelo fato de que Vênus possui os pólos invertidos.

A atmosfera do planeta é composta por dióxido de carbono e nitrogênio. A pressão atmosférica ao nível do solo é 90 vezes superior à pressão atmosférica na superfície terrestre. Já a grande quantidade de CO2 da atmosfera provoca um forte efeito estufa que eleva a temperatura da superfície do planeta até 480 °C, fazendo com que Vênus seja mais quente que Mercúrio apesar de estar a mais do que o dobro da distância do Sol que este e receber somente 25% de sua radiação solar.

A radiação solar quase não alcança a superfície do planeta, as densas camadas de nuvens refletem a maior parte da luz do Sol ao espaço, e a maior parte da luz que atravessa as nuvens é absorvida pela atmosfera, impedindo assim a maior parte da luz do Sol aquecer a superfície. No entanto, o enorme efeito estufa, associado à imensa quantidade de CO2 na atmosfera retém o calor, provocando as elevadas temperaturas deste planeta, considerando-o como planeta mais quente do Sistema Solar.

Durante algum tempo acreditou-se que Vênus possuía um satélite natural com o nome de Neith, assim chamado em homenagem à deusa do Egito. No ano de 1672 essa possibilidade foi aceita por Giovanni Cassini e após esta data até o ano de 1892 foram feitas outras observações, chegando à conclusão de que Vênus não possui nenhum satélite.

Atlas Ilustrado

Mande esta página para alguém:

Seu Nome:
Seu E-mail:
E-mail de Destino: